quinta-feira, 16 de junho de 2011

Pragas & Doenças que atacam as orquídeas

Ataque de Fusarium em pseudobulbo de Laelia purpurata. Ocorre, principalmente, na direção das raízes para o caule. Afastar a planta da ação das chuvas, eliminação dos bulbos doentes e a aplicação de um fungicida (Ridomil, Aliette) se faz necessário para interromper o ataque.


A antracnose, provocada por Colletotrichum sp., é a causa de grande parte das doenças que atacam as folhas de orquídeas. Ocorre principalmente na ponta das folhas, em períodos de chuvas e sombreamento excessivo. Deve-se remover a folha afetada para não contaminar as demais e fazer uma adubação nitrogenada.


Os fungos são, talvez, os maiores inimigos dos orquidófilos devido a quantidade, a facilidade de propagação e a dificuldade para eliminá-los sem produtos agrotóxicos. O uso de fungicidas sistêmicos (que agem na seiva), na dosagem correta para evitar que os fungos fiquem resistentes; a desinfecção de vasos e ferramentas de corte são necessários para se combater estes patógenos.
ataque de fungos

Uma linha escura sob a folha é o sintoma de que uma mosquinha colocou seus ovos ali. As larvas fazem "estradas" pela folha que favorecem a entrada de fungos, actnomicetos e bactérias. Elimine as folhas afetadas e use um inseticida: DECIS 25 CE, ou Evidence e Adeus mosquinhas!
ataque de mosquinha

As aranhas causam danos, principalmente, às flores. Alimentam-se, "roem" as pétalas, sépalas e o labelo. Catação manual com pinça, ajuda bastante ou, se for muita infestação, use um inseticida: SBP,e.g., que é a base de água.
ataque de aranha

O excesso de adubos químicos, Peters,p. ex., pode causar a clorose das folhas.
Adubo foliar deve ser colocado sempre em doses homeopáticas, pois o excesso pode ser catastrófico.
clorose das folhas

Os caracóis e caramujos danificam, principalmente, as raízes e "abrem portas" para a entrada de agentes causadores de doenças nas orquídeas, por isso devemos combatê-los. Metarex neles! Se preferir, use pinça para a captura manual, coloque-os em recipientes com sal (garrafa pet) e puxe a cordinha!
ataque de caracóis

Bactérias atacam principalmente no sentido de cima para baixo da folha(Atenção: somente testes (Elisa)em laboratórios podem afirmar com exatidão). A eliminação da folha antes da formação e dispersão dos esporos ajuda no combate.
Ataque de bactéria

ataque de bactérias


O besouro Tentechoris ou flamenguinho, devido a sua coloração, é um inseto sugador que provoca grandes prejuízos ao orquidicultor. As plantas atacadas pelo inseto ficam manchadas e, praticamente, inutilizadas para a venda.
ataque de Tenthecoris (flamenguinho)

As cochonilhas com aspecto de "farinha" (mealybugs)são muito prejudiciais no cultivo de orquídeas. Elas sugam a clorofila deixando marcas amarelas e estes ataques ainda facilitam a entrada de doenças nas plantas. As formigas são, na maioria das vezes, responsáveis pela introdução destas pragas no orquidário, por isto devemos combatê-las também. Use K-othrine nas formigas e DECIS nas cochonilhas. O arejamento do ambiente e o sombreamento (50% a 65%) auxiliam na desinfecção.


As cochonilhas "cabeça de prego" são causadoras de lesões nas folhas que facilitam a entrada de outros patógenos, como fungos, bactérias e vírus.
ataque de cochonilhas de carapaça


As doenças causadas por nematóides são muito importantes uma vez que afetam as raízes das plantas e, na maioria das vezes, o cultivador só percebe que as raízes estão apodrecidas quando a planta está amarelando as folhas. A extração das raízes apodrecidas e aplicação de inseticida, qdo se faz o replante, é uma boa alternativa para se combater nematóides. Cultivá-las em "cone-de-barro" é uma boa forma de evitar que as raízes apodreçam.



Fonte:
-Embrapa

Nenhum comentário: